Verdades? Nem sempre.

As pessoas dizem: o importante é ser feliz. Mais importante, a meu ver, é aprender a contornar a infelicidade. Falam que é preciso tentar coisas novas. Nem sempre. O necessário é tirar sábias lições das coisas velhas para resistir às armadilhas do falso novo; nem toda novidade representa um acréscimo importante para nós. Apregoam queContinuar lendo “Verdades? Nem sempre.”