Questões transcendentes e respostas nem tanto (3)

1) Você se acha uma pessoa constante? R.: Às vezes.

2) Como distingue sexo de amor? R.: No sexo, cuidamos do outro pensando em nós; no amor, cuidamos de nós pensando no outro.

3) Tem medo do inferno? R.: Tenho mais medo dos que querem me livrar do inferno.   

4) Diga uma frase essencialmente mentirosa. R.: Eu não minto.

5) O que acha inútil na vida? R.: O que não traz respeito, dinheiro ou prazer. 

6) O que pediria às pessoas que o seguem? R.: Que me mostrassem o caminho.

7) O que é mais difícil na vida? R.: Representar o próprio papel.

8) É possível ao homem chegar ao autoconhecimento? R.: A gente só se conhece até onde não é.

9) Acredita no socialismo? R.: A maioria é pela igualdade de classes desde que se preserve o seu status.

10) Dê um conselho aos vaidosos. R.: Quem vive “se achando” ainda não se encontrou. 

Publicado por Chico Viana

Chico Viana (Francisco José Gomes Correia) é professor aposentado da UFPB e doutor em Teoria da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em sua tese, publicada com o título de O evangelho da podridão; culpa e melancolia em Augusto dos Anjos, aborda a obra do paraibano com o apoio da psicanálise. Orientou cerca de 37 trabalhos acadêmicos, entre iniciação científica, mestrado e doutorado, e foi por dez anos pesquisador do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq). Desde muito jovem começou a escrever nos jornais de João Pessoa, havendo mantido coluna semanal em A União e O Norte. Publicou cinco livros de crônicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: