Hospício Brasil (2)

Livros de Machado de Assis e outros grandes escritores brasileiros correm o risco de ser recolhidos das escolas estaduais de Rondônia. O motivo é que haveria nessas obras “conteúdos inadequados” a crianças e adolescentes. O argumento é vago e confuso. O que seriam esses conteúdos inadequados? Teriam a ver com a ausência de recomendação paraContinuar lendo “Hospício Brasil (2)”

Hospício Brasil

Nada como invocar Machado (sempre ele!) para explicar o Brasil. O país está me lembrando a Itaguaí do conto “O alienista”. Com adaptações, claro (e para pior). Onde na novela se lê doudo (grafia machadiana), leia-se corrupto. Moro seria Simão Bacamarte, que pretendia colocar os doudos da cidade na Casa Verde (um hospício, por sinal,Continuar lendo “Hospício Brasil”