Notas sobre a pandemia (16)

Os “sonhos pandêmicos” traduzem a maneira como o nosso inconsciente processa os resíduos diurnos recheados de notícias sobre morte, isolamento social, internações em hospitais lotados. Tive um deles ontem. Sonhei que estava num quarto cheio de camas (pareciam beliches) sobre as quais estavam deitados tigres. Minha vontade era correr dali, pois sabia que os felinos a qualquer momento iam atacar. Meus flertes com a Psicanálise me encorajam a tentar interpretar esse sonho. Os conteúdos oníricos, como aprendemos com Freud, submetem-se a dois mecanismos básicos: a condensação e o deslocamento. A condensação explica a referência aos tigres; recentemente falei aqui de um deles (a fêmea Nádia), que fora infectado pelo coronavírus. Os beliches no quarto são imagens deslocadas das enfermarias onde os doentes padecem com falta de ar. E por que esses doentes apareciam sob a forma de tigres? Isso novamente se explica pela condensação: no processo infeccioso os pacientes são também transmissores, ou seja, constituem uma agressiva ameaça para os outros.

Publicado por Chico Viana

Chico Viana (Francisco José Gomes Correia) é professor aposentado da UFPB e doutor em Teoria da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em sua tese, publicada com o título de O evangelho da podridão; culpa e melancolia em Augusto dos Anjos, aborda a obra do paraibano com o apoio da psicanálise. Orientou cerca de 37 trabalhos acadêmicos, entre iniciação científica, mestrado e doutorado, e foi por dez anos pesquisador do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq). Desde muito jovem começou a escrever nos jornais de João Pessoa, havendo mantido coluna semanal em A União e O Norte. Publicou cinco livros de crônicas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: